A "TACA DE NOVE TESOUROS" VAI RECEBER UMA DAS SELEÇÕES NACIONAIS COPA DO MUNDO DE FIFA 2018 NA RÚSSIA

MOSCOVO dia 1 de Junho de 2018. Hoje, na véspera dos eventos finais do Programa Social de Jovens Internacional da Empresa"Gazprom" "Futebol pela Amizade" na Casa do Futebol Russo passou a apresentação do principal prémio do programa "Taça de Nove Tesouros". O evento contou com a presença do Primeiro Vice-Presidente, Presidente do Comitê Técnico da Federação Russa de Futebol Nikita Simonyan, Diretor Geral Adjunto do Sindicato Russo de Futebol Alexander Zorkov, Diretor Executivo da Primeira Liga Russa Sergey Cheban, Adjunto do Diretor Geral da PLFR em Relações Internacionais Ekaterina Fedyshina e Treinador da equipe júnior da Rússia Alexander Kerzhakov. O apresentador da apresentação foi Dmitry Zelenov, vice-chefe do departamento "Sport-Express".

Os jovens membros do "Futebol pela Amizade", Denis Aladiev (Penza) e Daniil Korobkov (Moscovo), falaram na entrevista coletiva sobre a história e importância do prémio único- a "Taça de Nove Tesouros" - e como se preparam para os principais eventos do Programa que será realizada em Moscovo nos dias de 08 a 15 de Junho.

Na sexta temporada do "Futebol pela Amizade", a "Taça de Nove Tesouros" será concedida a uma das 32 equipes nacionais de futebol que participam da Copa do Mundo FIFA 2018 na Rússia. O vencedor do prémio será determinado pelo votos dos embaixadores jovens de 211 países e regiões do mundo: De 9 a 11 de junho, no âmbito do Acampamento Internacional de Amizade, os jovens participantes do programa determinarão as equipes nacionais TOP-3. Os resultados serão anunciados no dia 13 de Junho no Fórum Internacional de Jovens "Futebol pela Amizade", e o manual da cópia da Taça, feita pelo famoso escultor alemão Achim Ripperger, será incluída na exposição permanente do Museu da Federação Russa de Futebol a partir de Junho de 2018. 

A Taça de Nove Tesouros é um troféu único que marca os nove valores centrais do programa- amizade, igualdade, justiça, saúde, paz, lealdade, vitória, tradição e honra.

"A Federação Russa de Futebol está cooperando com o programa "Futebol pela Amizade" desde o início. Em 2013, quando o projeto estava apenas no início, já tinha envolvido jovens de 8 países. E neste ano- o número total de participantes- já são 211 países e regiões! É infinitamente agradável ser testemunhas do crescimento da popularidade do programa em todo o mundo. Isso sugere que os valores promovidos pelo "Futebol pela Amizade" estão realmente próximos de todos, são compartilhados por crianças e adultos de todo o planeta. É um sucesso! Estamos ansiosos pelos resultados da votação das crianças para descobrir quem receberá esse prémio nacional das seleções da Copa do Mundo de 2018", disse Alexandre Alaev, Diretor Geral da Federação Russa de Futebol.

"Desejo boa sorte aos jovens embaixadores do programa "Futebol pela Amizade" na promoção de valores humanos fundamentais, como justiça, vitória e honra. Sem a compreensão destes princípios básicos importantes, não é possível se tornar um jogador de futebol bem sucedido, treinador ou um representante de qualquer outra profissão. Há um ano eu tive a sorte de assistir o Campeonato de "Futebol pela Amizade" em São Petersburgo, onde jogaram crianças de 64 países. Durante o campeonato, os juízes só precisavam acompanhar o tempo do jogo, não havia absolutamente nenhuma divergência no campo, era amizade e justiça verdadeiras. Fico feliz que os rapazes de doze anos de idade promovem valores tão maravilhosos e mostram a nos, adultos, como deve ser não apenas o futebol, mas a própria vida", disse Alexandre Kerzhakov, famoso jogador de futebol, Mestre Honorário do Desporto da Rússia, Embaixador do programa "Futebol pela Amizade".

Este ano, no programa "Futebol pela Amizade" participam 11 jovens treinadores das cidades-organizadores da Copa do Mundo de FIFA 2018 na Rússia. O Primeiro Vice-Presidente do Comité Técnico da Federação Russa de Futebol, Nikita Simonyan, ressaltou a importância de desenvolver um programa de treinamento para equipes desportivas infantis e juvenis, assim como os seus treinadores, observando o sucesso do programa "Futebol pela Amizade" nessa direção.

"O futebol é a escola da vida, porque no futebol viva toda a gama das emoções, e essa riqueza espiritual permanecerá contigo por toda a vida. Os valores do futebol varrem dentro de cada pessoa durante a vida, e o valor mais importante do futebol é a comunicação. Recentemente, realizamos em Volgogrado um jogo companionável das equipes de jovens das países diferentes. Depois do jogo, os jogadores russos e alemães começaram a comunicar, eles riram, entendendo perfeitamente um ao outro, apesar da diferença de linguas. Talvez eles nunca mais se encontrem no futuro, mas essas emoções e experiência eles levarão consigo ao longo da vida"- disse a Ekaterina Fedyshina, Adjunta do Diretor Geral de URF em questões internacionais.

"Ao olhar para uma bola de futebol, se pega pensando que este é um pequeno modelo do nosso planeta. O futebol une todos. Nove valores - amizade, igualdade, justiça, saúde, paz, lealdade, vitória, tradições e honra- são a força motriz não só no desporto, mas na vida cotidiana. É ótimo que os jovens fazem novos amigos, tanto dentro do campo de futebol quanto fora dele. E a nossa família do futebol, graças a este programa, acumulou mais três milhões de pessoas. Estamos sempre à sua espera nos jogos da Primeira Liga da Rússia", disse Sergei Cheban, Diretor Executivo da Primeira Liga da Rússia.

"Ótimo que o programa "Futebol pela Amizade" permita aos jovens escolher um clube de futebol profissional que receba um prémio tão incomum e importante como a "Taça de Nove Tesoures". Isso permite sentir-se uma parte de algo global e importante. Agradável que os organizadores do programa estejam prontos para confiar essa decisão a nós, crianças comuns que vão à escola todos os dias, jogam futebol no quintal e em todo o mundo. Além disso, eu acredito que os nove valores do programa desempenham um papel importante na vida de cada pessoa, e ainda mais- na vida dum jogador de futebol. Portanto, nos eventos finais do programa, eu e os meus amigos das países diferentes teremos o prazer de contar ao mundo sobre esses valores e sobre como o futebol e a amizade unem países, culturas e povos", - disse o jovem embaixador do "Futebol pela Amizade" Denis Aladiev (12 anos).

"Para mim, os nove valores principais do programa são um ponto de referência na comunicação com outras pessoas. Eu sei que, sem seguir os valores universais fundamentais, não se pode tornar uma pessoa boa e ter sucesso. Fico feliz que o programa "Futebol pela Amizade" me permita, juntamente com os rapazes de todo o mundo, tornar-se os embaixadores da amizade, igualdade, justiça, saúde, paz, lealdade, vitória, tradição e honra. Quanto mais pessoas no mundo falar, discutir e chamar atenção para esses valores, melhor será a nossa vida. Eu acho que, no futuro, é necessário atribuir um prémio como a "Taça de Nove Tesouros" não apenas aos melhores clubes de futebol, mas também às pessoas que por muito tempo promovem esses valores na sua esfera- por exemplo, médicos, professores ou instituições de caridade que salvem vidas", - disse o jovem embaixador do "Futebol pela Amizade" Daniil Korobkov (12 anos).